domingo, 14 de outubro de 2007

Prostituição feminina: o dinheiro fácil

Prostituição: o dinheiro fácil

A prostituição se define por “uma troca consciente de favores sexuais por interesses não sentimentais ou afetivos”, isso significa na maioria das vezes por dinheiro. Esta, por muitos considerada como profissão, é procurada por pessoas sem oportunidades de emprego, ou insatisfeitas com o salário em relação ao tempo e trabalho árduo. É bom ressaltar, que muitas artistas de televisão não recebem bons cachês ou salários, e há quem diga que boa parte acaba se prostituindo.
Muitas mulheres, meninas, até mesmo vindas de famílias boas, de classe média alta,estas conhecidas como prostitutas de luxo, procuram essa vida pela vontade serem independentes, terem seu próprio dinheiro, pagarem suas contas e claro, para terem muito luxo e mordomia com o dinheiro ganho.
Parte das pessoas que também se prostituem, são mulheres e meninas, até mesmo menores de idade, que muitas vezes não tem dinheiro nem pra se alimentar, então elas têm como profissão a prostituição. Se prostituir é sinônimo de dinheiro fácil,para as prostitutas mais simples 1 hora com uma pessoa pode variar de 30 a 300 reais; já para as prostitutas consideradas de luxo o valor vai de 500 até 8 mil ou mais por hora.
De fato o dinheiro ganho em relação ao trabalho feito é um dinheiro de ótimo tamanho quando comparado ao um salário mínimo mensal de um empregado, analisando: se uma prostituta trabalhar 5 horas por dia ganhando 30 reais, em um dia ganha quase a metade de um salário mínimo mensal. Daí vem a questão: prostituição é um problema ou uma solução?

Postado por: Raissa Machado

15 comentários:

Anônimo disse...

achei interessante a resposta sobre o assunto ``prostituiçao´´no caso dinheiro facil .parabens a todos.me ajudaram em um trabalho sobre esse assunto

Joao Pedro disse...

Com certeza, os dois são beneficiados no momento do ato. Um tem o dinheiro que procura e o outro tem seu momento de satisfação. Até ai beleza. O problema é as consequencias que podem ocorrer.
O rotulo que a mulher podera carregar pelo resto da vida. Uma doença que podem contrair. Talvez uma familia desfeita. Tem pais que deixam de dar algo que os filhos ou esposa precisam para dar a belas prostitutas.
Acho melhor esquecer as tentações.
joao pedro

regy disse...

Em relação ao dinheiro ganho pode-se considerar por muitos que valem a pena. Porém a mulher se submete a todas as vontades do de um ou mais homem, já que, quem ta pagando é ele. Isso não é vida para ninguém, vejo que o dinheiro não deve ser levado em consideração, mas sim a sua dignidade.

Anônimo disse...

brunswick learnt cabinet robman topicality weakening sucked inoculation huberman tweaking rubiotech
semelokertes marchimundui

lidiane disse...

pw eu axo q ganha dinheiro é bm + pw elas estam vendendo o corpo d uma maneira brutal eu tenho 17 anos e ñ terya coragem d m prostitui pw isso pr mim ñ é vida pr se viver é uma coisa q elas vm carrega pelo resto d vida e ainda corre risco d pegar varias doenças e d q q adiantaria o dinheiro acaba + sua conciencia nunca deixara d ty mostra o erro q vc comety

lidiane disse...

cara ser mulher é bm + a pior coisa d mulher é ñ saber s valoriza + axa q t se valorizando se prostituindo

Anônimo disse...

Todo mundo fala um bocado de besteira... Pergunte a prostituta e o dinheiro e facil? Nenhuma acha q è, mas nao deixam a prostituicão.
PROSTITUICÃO ou legaliza ou proibe.
De qualquer um dos modos vai diminuir a prostituicão no brasil.
LEGALIZACÃO OU PROIBICÃO

Anônimo disse...

A prostituição não Brasil não é crime como é o caso dos EUA, porém, o comércio sexual sim, é crime. Qual a diferença ?, enquanto na prostituição a mulher ou o homem presta um serviço autônomo; no comércio cria-se uma espécie de "vinculo empregatício" com o agenciador (a) do sexo, mais conhecido como cafetão ou cafetã.
Quanto ao "dinheiro fácil", penso o ganho existe, porém a prestação de contas com o "tempo" vem a longo ou até a médio prazo. Remédios para diversas finalidades (fármácia), tratamento de beleza, e ostentação da luxúria (roupas, sapatos e etc ... de linha), são os ingredientes de uma vida curta, ilusória; senão traiçoeira que o mundo da prostituição ou o mercado do sexo ofereçe a todos (as) que caminham neste ramo.

Anônimo disse...

Eu acho q cada uma pessoa e diferente, se um mulher pode transar com um cara q nao conhece pela primeira vez de graca, porque nao pode cobrar? estranho ne, das duas formas pode pegar doencas e destruir lares.. certo e outra coisa o dinheiro e facil nao..deixar cada viver sua vida como pode. nao vamos meter a colher na vida dos outros...abrcs L

ito disse...

meu trabanho de escola levou a nota maior.

ito disse...

meu trabanho de escola levou a nota maior.

Anônimo disse...

Sejamos menos intelectuais e mais pragmáticos.A prostituição não deve ser "privilégio" daquelas que são e assumem publicamente. se não vejamos, qual garota linda e maravilhosa, cobiçada por sua beleza e dotes físicos, vai escolher para namorar ou mesmo "ir direto ao finalmente"? um rapaz simples , humilde e pobre ou aquele cara que é mau-caráter, mas anada muito bem vestido , tem carrão e dinheiro?

Anônimo disse...

A resposta para a pergunta no fim do assunto seria: a prostituiçao nao e uma soluçao nem um problema mas sim uma saida para quem nao tem oque faz e nao tem como c sustentar
muitos falan que e uma vida facil mas pergunta pra elas ce e reaomente facio !

Renata Karina disse...

Gostei da forma como foi abordado o assunto e me ajudou num trabalho escolar!! Parabéns...

Renata Karina disse...

Gostei da forma como foi abordado o assunto e me ajudou num trabalho escolar!! Parabéns...